Google+ Followers

Sou homem por inteiro amor verdadeiro....adoro falar da lua... apaixonante..... Sou gentil.....estimulante.... Sei me portar com dignidade....olho sempre à frente....minha voz é sedosa macia mas de uma gravidade maliciosa......sarcástica....e formal quando precisa. Sou a medida certa do seu querer.... não trago medida de perfeição e também não venho com manual de instrução sou um pouco de cada coisa sou seu sonho e seu querer.... sou muitas vidas vividas e um ótimo contador de historias.... Ainda por cima sou poeta e canto bem baixinho no ouvido.... falo da alma do tempo e de fantasias escondidas.... Sou o par perfeito....estou em todos os homens bem ensinados sou a beleza da alma e ânsia do coração... atenciosamente Anjo Mineiro

Perfil do Anjo Mineiro.

Vende-se um homem que dá flores, que beija a mão, que abre a porta do carro, que espera a sua companhia passar na frente, que tira o cisco do casaco,e o ciscos dos seus olhos, que remove o cabelo do seu rosto,que usa roupas limpas, de pele perfumada e que lava a alma, que beija como se fizesse amor e que faz amor como se beijasse, e que depois do amor se aninha, se aconchega, e interminavelmente te acaricia, um homem de poesia que faz versos a quem ama e que eterniza o amor em palavras, um homem de cochichos na cozinha, de conversas longas no parque de ouvidos e olhos atentos na cama, um homem Que dorme por último, que vela, que cobre o ombro descoberto, que se posta ante o olhar que dorme, que assiste sonhos pelo rosto da pessoa amada, um homem que divide histórias, livros, poesia, e que lê de mãos dadas um poema “As causas“ De Jorge Luis Borges, um homem que gosta de mitologia grega para dividir com ele as histórias de homens apaixonados, e encontros a meia noite, um homem que comprou “O amor esquece de começar, “do poeta Carpinejar, Só pra ler ao telefone pra pessoa amada, um homem que olha tudo: roupas, sapatos, jóias, livros, perfumes, cosméticos e em tudo vê a sua face, um homem que se orgulha de você, que o chama de príncipe, gato , lindo e de meu rei. e que sempre será o mais belo da festa, um homem que seguiu os conselhos do mais sábio dos homens, que fez o corpo humano para entendê-lo por dentro, e conseguiu descobrir os seus caminhos, os seus labirintos,e seus prazeres, um homem que já deu nome a livros para eternizar na poesia que os séculos hão de manter na memória, e que ora percorre a vida e que aceita em troca apenas uma moeda. para te dar amor e carinho.... este sou eu !

Vejam as fotos em sequência aqui .

terça-feira, 31 de março de 2015

Ah, pobre amigo, nunca saibas tu Como é ridículo o amor... alheio!


E assim, ouvi-lhe todo o amor alheio.


Quiseste expor teu coração a nu.


Amo firme, fiel e verdadeiramente.


E faço o juramento:JURO


Minha estrofe de mil dedos.


Aqui levanto solene.


Está provado, pensado, verificado.


Nem as rusgas, nem a distância.


Não acabarão nunca com o amor.


sábado, 21 de março de 2015

Você é louco? - Não, sou poeta.


Aqui levanto solene minha estrofe de mil dedos.


Está provado, pensado, verificado.


Não acabarão nunca com o amor, nem as rusgas, nem a distância.


Eu vou me matar! Eu quero viver!


Eu creio em Deus! Deus é um absurdo!


Eu amo o mundo! Eu detesto o mundo!



terça-feira, 17 de março de 2015

Para os valentes é a oportunidade.


Para os temerosos, o desconhecido.


Para os fracos é o inalcansável.


O futuro tem muitos nomes.


Mas acontece que eu sou triste...


E tenho tudo para ser feliz.


É claro que te amo.


Em ti bendigo o amor das coisas simples.


O futuro tem muitos nomes.


É claro que te acho lindo.


domingo, 15 de março de 2015

É claro que a vida é boa E a alegria, a única indizível emoção .


O cheiro que tinha um dia o próprio vento...


O folhear de um livro de poemas.


Um carinho no momento preciso.


Um estribilho antigo.



Que o vento não conseguiu levar:


No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas.


Estão dando corda ao relógio do mundo.


Não estão apenas fazendo amor.


sábado, 14 de março de 2015

Amor...Quando duas pessoas fazem amor.


A dor que deveras sente.


Que chega a fingir que é dor.


Finge tão completamente.


O poeta é um fingidor.


De lembrar que te esqueci?


Mas será que nunca deixo.


Já nem penso mais em ti...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...